Vereadores revogam Decreto nº 7.202/19 que suspende licença prêmio aos servidores do executivo


Na manhã desta terça-feira (26) foi sustado o ato normativo do pode executivo - Decreto nº 7.202/19 de Pires do Rio em que a concessão de Licença Prêmio aos servidores efetivo do quadro de servidores da Prefeitura Municipal de Pires do Rio/GO ficaria suspensas pelo período de 180 dias, renováveis por igual período a critério da administração.

O Anteprojeto de Decreto Legislativo Nº 001/19 de autoria dos Vereadores Amélia Moveis e outros, foi aprovado por unanimidade entre os vereadores presentes com 11 votos a favor, sendo assim sustados e sem efeitos o Decreto nº 7.202/19, julgando assim sem fundamentos legais a restrição dos direto funcionais do Pessoal do Executivo.

Fotos: